SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA

A Sinalética é um ramo que produz elementos visuais utilizados em 90% dos setores de serviços e atividades. O objetivo principal é o auxilio à utilização correta de normas em edificios públicos e privados em situações normais e/ou excepcionais de emergência.

A sinalização de segurança tem como objetivo captar a atenção, através de uma letra clara, ilustrações óbvias e de fácil entendimento, de forma a ajudar em caso de emergência. São utilizados símbolos universais de uma forma padrão para que não haja duplo sentido. A utilização das cores também tem o seu significado, assim como formas e siglas.

Os sinais de obrigação têm como objetivo indicar comportamentos ou ações que obrigam a utilização de determinado equipamento de proteção individual (EPI). Com isto, ajudam a evitar acidentes de trabalho e consequentemente causar danos morais e financeiros à empresa e ao trabalhador acidentado.

Os sinais de perigo são apropriados e obrigatórios em situações e locais que exigem atenção, cautela, precaução, ou afirmação de que algo é perigoso.  O seu objetivo é alertar os trabalhadores para que este tenha controlo de tudo o que faz sem se prejudicar a si e aos que o rodeiam.

Os sinais de aviso informam da existência de alguma lei do local, ou atitude proibida ou perigosa para, desta forma, evitar acidentes ou consequências graves.

Os sinais de emergêngia indicam saídas de emergência, direções de fuga ou a localização de algum equipamento útil em situações de emergência (incêndio, inundação, fuga de gás, entre outros). São sinais que dão pistas para que, em caso de emergência, os trabalhadores ou visitantes do local afetado, consigam perceber quais os procedimentos e locais a optar para se poderem protegerem.

Estamos ao seu dispor

Contactar